Desci aos mudos céus

Como se inferno fossem.

Desci aos rios brancos

À água límpida como descera

Ao rude mar repleto e alucinante.

Desci ao amor sorrindo.

 

 

Augusto Frederico Schmidt