Alessandra Cunha, que também usa o nome artístico Ropre, seduz o observador, levando-o à reflexão dos espaços de relacionamentos humanos contemporâneos.

Exposição “Cetim” no Centro Cultural Justiça Federal

Sem chassis, costurado, amassado e enrugado, o cetim, suporte para as pinturas, é demarcado por uma forma irregular, um desenho ora linear, ora contorcido, reprimido, desvirtuado e preso pela aparência externa de um círculo, que representa o círculo da vida, a totalidade, o espaço infinito, sem começo e sem fim.

Cada imagem traduz os sentidos e as sensações da presença de um indivíduo posto e exposto no cosmos.

 


Exposição “Cetim”

Centro Cultural Justiça Federal

Av. Rio Branco, 241 – Centro, Rio de Janeiro – RJ

Em cartaz até 12/03/2017

Terça a domingo das 12h às 19h

Entrada Franca