A galeria da Casa do Paulo Branquinho, apresenta a exposição “3 a Uma”, com a participação dos artistas Elmo Martins, Jung Wladimyr, Márcio Goldzweig e Lina Rivera.

A exposição segue até dia 01 de julho e o visitante terá a oportunidade de conferir o resultado dos recentes trabalhos destes 4 artistas, que juntos mostram ao público um dialogo entre a imaginação, a cor, a matéria e o grafismo.

Exposição coletiva “3 a Uma”

Trabalhando com técnicas e suportes variados, Elmo Martins aborda questões intrinsecamente relacionadas ao imaginário popular e à vida cotidiana. Em suas obras, relata a dualidade das relações, centrada na dicotomia do sagrado/profano.

A partir da necessidade de experimentar outros materiais, nascem as obras, denominadas por Jung Wladimyr de “Irregulares”, no início, mesmo com caráter experimental, estão impregnados de suas inquietudes no ato criador e originam uma consciência perceptiva pictórica diferenciada do habitual, policromáticas.

Com formação eclética, a artista Lina Rivera aproveita os mais diversos materiais para dar forma à sua criatividade. Compondo assemblagens construídas de relatos de vida.Entre telas e espiguilhas, bordados, papeis, gaze e renda, o olhar de épocas passadas quase não cabe na mesa onde habita o caos de sua criatividade.

Nos desenhos, pinturas e xilogravuras de Mácio Goldzweig, o artista faz suas criações utilizando elementos gráficos de caligrafias de várias culturas que se baseiam na beleza dos gestos e na dinâmica dos movimentos que compõem cada caligrama.

 

Exposição coletiva “3 a Uma”

Visitação: Até 01 de julho, de terça a sábado de 15 às 19h.

Casa do Paulo Branquinho – Rua Morais e Vale, 08, térreo – Lapa, Rio de Janeiro – RJ

Entrada Franca