A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, a mostra “Quase pinturas”, do artista plástico Fabio Cardoso. A exposição é composta por 13 trabalhos figurativos a óleo.

No processo de criação das obras, Fabio Cardoso parte da tela coberta de tinta preta. Com terebintina, ele vai removendo essa tinta para revelar cenas que registra com a câmera do celular. “São cenas que me capturam, me sequestram”, comenta o artista. Para finalizar, ele sobrepõe uma placa fina de acrílico transparente, colorido ou não, sobre a tela a óleo, que remete à velatura (leve camada de tinta aplicada sobre a pintura, deixando transparecer a tinta que está por baixo). Essa camada confere uma luminosidade singular aos trabalhos.

Exposição Quase pinturas, de Fabio Cardoso

O ato de retirar a tinta da tela para formar imagens aproxima essa série, iniciada em 2014, do processo de escultura, como se o material bruto estivesse sendo esculpido para fazer surgir a figura. Daí o título da mostra, Quase pinturas. Para o curador Agnaldo Farias, Cardoso consegue “entrelaçar ações meticulosas e atentas com o acaso”.

Fabio Cardoso promoverá duas visitas guiadas à exposição; uma em 30 de maio (terça-feira), a partir das 17h30, e outra no dia 17 de junho (sábado), no mesmo horário, quando será lançado o catálogo da mostra.

 

Exposição Quase pinturas, de Fabio Cardoso

CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Galeria 2 (Av. Almirante Barroso, 25 – Centro)

De terça-feira a domingo, das 10h às 21h

Até 23 de Julho de 2017

Classificação Indicativa: Livre

Entrada franca