A maior exposição de arte africana contemporânea já realizada no Brasil, Ex Africa abre as portas no sábado (20), no CCBB, com mais de oitenta obras assinadas por artistas de oito países. Dividida em quatro módulos, a mostra aborda a história da África, sua riqueza estética e sua cultura musical. Conheça cinco peças do acervo.

Yemi Alade. A foto é um frame de Johnny, clipe da cantora nigeriana. Reproduzidos em looping, diversos vídeos na mostra revelam temáticas da música africana, como sexo, poder, riqueza e religião.

J.D. ’Okhai Ojeikere. Nigeriano, o fotógrafo Ojeikere criou uma singular série dedicada a belos penteados das mulheres de seu país, a exemplo de Modern Suku.

Omar Victor Diop. No projeto Diaspora, o artista senegalês apresenta autorretratos nos quais encarna tipos históricos com um toque contemporâneo, digamos, futebolístico. Na foto, ele é Albert Badin, servidor da corte sueca.

Ibrahim Mahama. Obra do criador ganês, a instalação Fragments White Cube Bermondsey (foto), construída com material
doado por trabalhadores locais, é refeita em cada cidade por onde a mostra passa.

Karo Akpokiere. Nascido na nigeriana Lagos, a segunda maior cidade da África, Akpokiere assina as ilustrações de forte influência pop da série Lagos Drawings.

 

Serviço

Local de Apresentação: CCBB

Endereço do Evento: Rua Primeiro de Março. Nº 66, Centro. Rio de Janeiro – RJ

Data: Quarta a segunda, 9h às 21h

O Evento é gratuito.

Não é necessário fazer inscrição

Encerra: 26/03/2018.