Terá um riso diferente.

Pelos jardins de braço dado, a passos lentos

Ouvirá vozes de antigamente.

Terá um riso diferente!

 

Como se tivessem voltado da morte, o sentido das palavras será

[outro.

 

As árvores crescerão sob a luz das estrelas.

Reverei o terraço claro e as plantas úmidas.

O impossível envolverá toda a casa.

 

Nada poderá tornar. As mesmas palavras serão outras

Igual só a voz de um homem que passa.

Irá cantando pelo caminho,

Irá sozinho cantando, como outrora.

 

Depois o sono embalará a varanda, o passado e os corações

[inúteis.

 

 

Augusto Frederico Schmidt.